"And now for something completely different..."

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

09:12 PM

Um garoto de cabelo longo, até as costas, usuário de óculos redondos e vestindo uma camiseta do Led Zeppelin com seu jeans cheio de correntes sai de sua casa às 7 horas da noite rumo à sua distante faculdade: do ABC, ao sul, ele ruma para Osasco. Maior rolê.

Uma garota de cabelo curto, até seu pescoço, usuária de óculos sem grau e vestindo uma camiseta dos Beatles com um coletinho preto ruma para chegar em sua distante faculdade até as 7 e meia: da Zona Norte da capital, ela ruma para a Avenida Paulista. Maior rolê.

"O horário de pico no transporte público é mesmo um inferno."

O garoto chega a tempo de escapar da chuva e pegar a segunda aula que começaria só às 9 e 20, a única que haveria naquele dia. Compra um lanche na rua e caminha até o portão do campus, encontrando um de seus recentes colegas fazendo o caminho contrário. "Mal sinal", ele pensa.

- Hey man. - ele o cumprimenta, cansado.
- Eaíí, Sr. Lennon! - o apelido já havia pegado.
- Tô muito atrasado hoje? Hehe.
- Vai falar que só chegou agora?!
- Nah, tem um tempinho. Comprei esse lanche. -
brincou.
- Pô, John! Acabamos de ser dispensados, a professora não veio!
- Não veio? Bacana... -
respondeu, sorrindo assassinamente para o lado.
- Meeeu, que chaato... E você veio de mó longe!
- Bem, na primeira aula não teve nada também, não é?
- Nem, é aquela aula virtual.
- Então mesmo que não me atrasasse teria sido a mesma coisa... Bem, vou entrar na facul e deitar um pouco antes de voltar.
- Certo. Caaara, que chato... Descansa aê que pra você vir é mó rolê! Falou, John!
- Falou, corre da chuva! -
havia começado a chuviscar, e as gotas aceleravam.

A garota havia chegado a tempo de sua primeira aula, e depois de quase dormir em seu tédio, soube por volta das 9 horas que o professor da segunda aula não viria.

O garoto sobe até a cobertura de um dos blocos da faculdade, deitando em seu lugar favorito no parapeito voltado para as árvores. Após descansar um pouco e terminar de comer, pega o celular de seu bolso, com aquele medo instintivo de derrubá-lo 5 andares abaixo. Às 9 e 12, escreve uma mensagem:

"Meu, que merda. Cheguei agora e não vai ter aula."

A garota, saindo de sua sala, pega o celular. Ela não está muito afim de voltar para sua casa, então, às 9 e 12, escreve uma mensagem:

"Ih, o professor da segunda aula não veio, fomos dispensados já."

O garoto nem havia fechado seu celular depois de escrever quando recebe a mensagem da garota, e vice-versa.

"..."

"Rs! Quer colar aqui para bebermos algo?"

Quando o útil se une ao agradável, mesmo exausto, sabe-se que vale a pena ver uma única pessoa para fazer valer a pena todo aquele rolê.



...


- Agora vamos para lados opostos, já?! - diz a garota no final da noite, entrando na plataforma do metrô.

"Podemos ir para lados opostos, mas meu coração sempre estará do seu lado." pensou o garoto, mas resolveu que isso seria tolo demais e reduziu sua resposta:
- Pois é... - nesse momento começa a se fazer ouvir o som de um trem chegando.
- Mas peraí, qual lado eu vou mesmo...? - pergunta a garota com memória de peixinho dourado.
- Pra esse... - responde o garoto, apontando para o trem que acabara de chegar.

A garota o olha desolada, como se não quisesse ir embora, embora fosse tarde.
- Mas eu só vou te deixar pegar o próximo. - diz o garoto, selando seus lábios.



...


Dois caminhos se cruzando.

O mesmo garoto adorador de hippies que foi vestido de John Lennon.
A mesma garota fã do John Lennon que foi vestida de hippie.

Coincidência ou destino?

Tanto faz. Eles estão de mãos dadas agora.

"Adorei te ver hoje. Fez meu dia valer a pena."

3 comentários:

CaPeLo disse...

T_T9 Cara, foda.

POSTCODE: TIOGRAPI

Marcelo »QeJiNhO disse...

great, muito melhor do que suas cronicas nonsense se eu posso dizer.

meio que me lembrou alguma coisa, rs

MERSHAN ON
http://qwol.blogspot.com/2010/04/dois-destinos.html

http://qwol.blogspot.com/2010/05/dois-destinos-ilustracao.html

MERSHAN OFF

postcode: moctizat

mah206 disse...

EU TE AMO (L)