"And now for something completely different..."

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Batatas

Vou pular toda aquela ladainha sobre "cumprimento aos meus leitores, se é que eles existem" e "esse blog está sendo transformado em um deserto devido ao aquecimento global e a ausência de postagens". Vou direto ao assunto!

=====================================

Estávamos na escolacola de notchi, eu e mais quatro drugues, eram estes VC e Corte, meus brattys, e Elis e Mika, duas devotchkas de cabelos horrorshow. Mika quase zasnutava, cansada, enquanto ponderávamos sobre pedirmos um mastiguete, provavelmente kartoffel com catupiry e bacon.

- Ah, olha a fila que tá essa cantina, eu não vou lá. - Disse VC, sentando no banco de pedra.
- Eu fiz um monte de coisa o dia inteiro, também não vou naquela fila. - Respondeu Elis.
- Nem olhem pra mim, eu já tô sentado e vou fazer prova daqui a pouco! - Anunciou Corte.
- Eu tô morrendo de sono... - Mika completou, inclinando-se para a mesa.

K-2 continuou em silêncio, e logo todos olhavam para ele.

- Você foi o único que não reclamou, vai lá Bruno! - Apontou Elis, enquanto K-2 alimentava seu ódio com o fato de estas serem as únicas pessoas a usarem seu nome de batismo.
- Hãn... Eu... - Dizia, querendo esquivar-se de tomar aquela fila e pedir batatas para todos.
- Tadinho, ele é lento.
- É sim, né.
- Uhum. - Todos concordaram.
- Façamos o seguinte, então, já que ninguém quer ir. Vamos tirar no dois ou um! - Sugeriu Elis, empolgada.

Todos já levantavam suas mãos em punhos, prestes a dizer "dois ou um...", quando Corte cortou-os:

- Espera, vamos decidir antes! Vai buscar quem sair primeiro ou quem sair por último?
- Primeiro, quem sair primeiro. - Respondeu K-2, era assim que costumava fazer em decisões de dois ou um quando em grande número. Eram mais que quatro pessoas.
- Por último, né. - Respondeu Mika, fiel à tradição do dois ou um, mesmo que fosse demorar.
- Também acho que tem que ser o primeiro. - Concordou Elis.
- Aaah, mas tem que ser o último... - Insistiu Mika.
- O primeiro, cara. - VC concordou com os outros dois.
- Façamos o seguinte, então. - Sugeriu Elis, empolgada outra vez, falando com a Mika. - Você e o VC tiram par ou ímpar, e quem ganhar escolhe! 
- Se eu ganhar, vai ser o primeiro. - Anunciou VC, enquanto já levantava a mão em punho para o jogo. - Se você ganhar, vai ser o último.
- Justo. - Mika deu de ombros com um sorriso, enquanto levantava a mão em punho.
- Par! - Disse VC, e antes que pudesse chacoalhar a mão ou descê-la, Mika já jogava um dois.

Riram, VC continuava com as mãos em punho, acima da cabeça, encarando a Mika com uma expressão que parecia dizer "poxa, me espera, nem falei nada pra você jogar". Alguns disseram "já perdeu", mas não tinha sido nada oficial. Mika ajeitou-se e levantou a mão outra vez, dessa vez esperando o VC dizer "par", dizendo "ímpar" e então fazendo juntos a contagem regressiva de 3, 2 e 1. Jogaram seus números, e a soma deles dava 6, então era par. VC ganhara, e por isso, perderia aquele que saísse primeiro no dois ou um, e essa pessoa teria que tomar a fila da cantina e pedir as batatas.

- Vai ser o primeiro, então. - Anunciou Elis, e todos levantaram suas mãos e finalmente disseram "dois ou um...", jogando seus números.

Quatro dois, três um. Nenhum perdedor. Outra vez.

"Dois ou um..."

Cinco dois, dois um. Nenhum perdedor, outra vez.

"Dois ou um..."

Três dois, quatro um. Nenhum perdedor, de novo. Outra vez.

"Dois ou um..."

Dois dois, Cinco um. Novamente, nenhum perdedor. Preparavam-se para jogar outra vez, quando Elis interrompeu.

- Não, pára, não vai dar! Vamos pensar em outro jeito...
- Dá sim, só continuar, uma hora sai alguém! - Insistiu K-2, que já passara por decisões de dois ou um mais demoradas.
- Alguém tem um dado? - Perguntou Elis, olhando para K-2 que costumava ter sempre dados e deck de Magic na mochila.
- Eu tenho! - Respondeu ele, achando esta uma ideia melhor. Gostava de rolar dados.
- Uffa, ainda bem. Não ia acabar nunca!
- Claro que ia, vocês desistiram muito rápido! Foram o que, três jogos?
- Nossa, foi uma meia dúzia.
- Foram nem cinco, dava pra ter continuado... Vocês são fracos na vontade do dois ou um.

K-2 já alcançava sua mochila quando Mika lembrou-os:

- Ah, gente! O Dud e o Caio tão vindo aqui, eles que peçam as batatas! - Os dois estavam vindo do shopping para encontrar com o grupo na faculdade.
- Justo, eles serão os últimos a chegarem. Resolvido. - Concluiu VC.
- Ok então. - Disse K-2, afastando-se da mochila e esperando que os dois chegassem logo.

Estávamos na escolacola de notchi, eu e mais seis drugues, eram estes VC, Caio, Dud e Corte, meus brattys, e Elis e Mika, duas devotchkas de cabelos horrorshow. Mika brincava com sua britva, apelidada Bea, enquanto esperávamos para pedir kartoffel com catupiry e bacon de pishka.

- Então, Dud e Caio, vocês foram os últimos a chegar. Vão pedir batata pra gente! - Ditou VC, sobre a decisão dos outros.
- Nah, comemos no shopping. - Respondeu o viadão do Caio.
- Vão lá, foi decidido. - Insistiu Elis.
- Que tal assim: A gente vai embora e ninguém come! - Sugeriu Dud, rindo maldoso.
- Gente, a cantina tá vazia, não tem mais fila! - Apontou K-2, pois já se passara muito tempo desde o começo da conversa toda.
- É, qualquer um pode ir agora. - Adicionou Mika. Naturalmente, ninguém mostrou-se inclinado a ir.
- Eu to aqui no meio de todo mundo. Nem rola. - Disse VC, que sentado entre a Elis e o Corte, dava a sua desculpa.
- O Corte tá na ponta, ele pode ir lá. - Sugeriu Mika, colocando logo alguém para ir.
- Tá bom, tá bom, quem vai comigo? - Corte levantou-se, finalmente permitindo que a indecisão acabasse.
- VC, vai com ele. - Sugeriu K-2, já que os dois eram como unha e dente. Sabia que o VC não negaria companhia ao Corte, por mais que não quisesse sair, e K-2 queria que aquilo acabasse logo e trouxessem as batatas. - Levanta, VC! Vai com o Corte.

Muito contrariado, VC levantou-se, e os dois foram até a cantina pedir as batatas para o grupo. Em dado momento mais tarde, Caio e K-2 também levantaram para pedir algo para beber, tornando toda aquela discussão e jogos numa conversa completamente desnecessária e sem ponto nenhum.

Estávamos na escolacola de notchi, eu e mais seis drugues, eram estes VC, Caio, Dud e Corte, meus brattys, e Elis e Mika, duas devotchkas de cabelos horrorshow. Nos empanturrávamos de kartoffel gordurado com catupiry e bacon, enquanto cada um pitava seu próprio drinque. K-2, por exemplo, havia pedido uma ótima vitamina de moloko, e todos govoretaram, smekaram e filaram a notchi toda.

3 comentários:

V. C. disse...

Resumo de uma noite. Mas a ideia geral é sempre essa xD

MikaHylian disse...

Tirando algumas inversões e inconsistências [?] ficou muito bom c:

Marcelo »Quejinho disse...

cara q post GOSTOSO

É um post BATAT na escala BATATA de gostosura (vai de B a BATATA)