"And now for something completely different..."

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Pesadelo do Calor

Olá punhadinho de gente que lê isso aqui! xD/

Ok, sinto muito o tempo sem postar, mas sei lá, nem sei se continuo com isso de blog ou não~ x-x

Mas bem, my bestfriend Qjn disse pra eu postar o pesadelo que eu tive aqui, assim me poupa de ficar repetindo pra todo mundo, então vamo lá! /o/

Foi TeMso.
Foi mto TeMso.
Pra começar que eu tive um dia (lindo e) exaustivo domingo e voltei pra casa quebrado, mas mesmo assim não consegui dormir, não dormi quase nada e depois nem consegui dormir na escola, por causa do meu braço direito que parece estranho e errado, mas contraditóriamente, sonhei essa noite, mesmo não tendo dormido quase nada.
O que me impediu de dormir foi meu braço direito e o CALOR.
O que também é estranho, já que o Qjn e a Bia afirmam que não fez calor essa noite, e o Capelo afirma que fez calor sim~ @-@
Bem, eu senti um calor infernal, e isso se refletiu no meu sonho:

Começou comigo andando numa cidade bem aberta, cheia de praças e com casas antigas e prédios velhos que mais parecia uma mistura bizarra de São Caetano, centro de Santo André, Campinas e Porto Alegre. E estava muito quente.

No meio de uma praça cercada de comércios pequenos tinha um termômetro marcando: 36.7º
Eu pensei "FFFFFFFFFUUUUUUUUU-!!!" x-X"
Então, de frente pra ele, tinha uma sorveteria, e parecia que o ar-condicionado tava quebrado, então pra se refrescar, o dono da sorveteria tinha aberto as geladeiras e virado as caixas de sorvete. Quando entrei, notei que o clima estava agradavelmente fresquinho, relaxei, sentei no balcão e conversei com o sorveteiro.

Nessa hora a Bia (minha prima) entra na sorveteria, reclamando e xingando o calor, e senta no chão. E então um pouquinho depois, o Wellington-senpai e a Thayla saem do banheiro da sorveteria (do mesmo banheiro, estranho oO), e sentam no chão também, abraçados.
Então eu sento no chão também, de frente pra eles, e percebo que o Alê também apareceu do nada atrás da Bia abraçando ela. Seguro velas.

Passa um tempo o calor aumenta mais ainda, e o sorvete já tinha derretido por todo o chão da sorveteria. Ao olhar pro termômetro, que já ondulava com o calor, marcava: 44.2º
O dono da sorveteria liga uma TV que ficava na parede que eu não tinha reparado que existia, e o jornal diz: "Cientistas dizem que a temperatura do planeta subirá até todos sucumbirmos de calor dentro de 1 hora e contando..."
Nisso o sorveteiro grita e sai correndo pela rua desembestado.
A gente só se olha, e continuamos parados ali, conversando.

Com o tempo, todos os caras ficam só de shorts, e as garotas de shorts e sutiã, e a Bia reclama dizendo: "Que droga, nessas horas que eu queria ser o negão." xD
E então, MUITO dramáticamente, Capelo e Qejinho entram na sorveteria.
Cena: Rua lá fora ondulando e voando poeira, eles só de shorts, Capelo com a camiseta amarrada na cabeça que nem um árabe, e Qejinho com a camiseta na cintura e uma faixa na cabeça.
Eles entram resmungando e falando alguma coisa que já deviam estar falando antes de entrar, e se tacam de barriga no chão cheio de sorvete.
A Thayla e a Bia berram quando vêem as costas sarnentas do Qjn~ xD

E ficamos ali, conversando, até que o assunto acabou, e esquentou mais e mais, todo o sorvete no chão já tinha evaporado, e todo mundo se separou bem, ninguém aguentava ficar a menos de 1 metro de outra pessoa, até os casais. Não dava mais pra ver o termômetro na rua, a imagem ondulava e era clara demais. No jornal, anunciam: "Colapso global em 10 minutos..."
Nisso várias pessoas começam a gritar pela cidade, e já haviam vários corpos esfumaçados na rua.

Nós só nos entreolhamos, a Bia e depois o Well disseram alguma coisa, mas eu não ouvi porquê meus ouvidos ardiam de calor, então fiquei apenas olhando pra luz lá fora, pensando se adiantaria alguma coisa sair correndo pra procurar a Juh, eu só pensava nela.
Nisso ela entra na sorveteria, também como as outras garotas, só que com a camiseta amarrada na cintura e um cantil numa mão, e os óculos tinham rachado com o calor.

Todo mundo já devia estar delirando e nem repararam nela, então eu pensei que eu também estaria delirando... Até que ela me abraça, mesmo estando inimaginavelmente insuportavelmente quente, como se o suor fritasse e fundisse as peles.
Eu olho prum lado e vejo a Bia deitada de lado, os óculos rachando, e olho pro outro lado e vejo o Qjn de barriga pra baixo, com as lentes quebradas no chão, olho pra Juh e ela estava dizendo algo que também não ouvi, mas abracei ela mais forte.

O jornal fala alguma coisa mas a Thayla e o Well dizem alguma coisa por cima e a TV desliga sozinha, então o Well dá uma gargalhada e diz mais alguma coisa, que também não ouvi.

E nesse momento eu acordo suando, morrendo de calor e de sede pra valer, torcendo pra dar o horário de ir pra escola logo por quê não conseguia mais dormir... Acho que estava chorando também, mas não lembro direito~

Bem, foi só meu pior pesadelo em anos, eu supero... :B
Devolta ao mundo real! 8D ããããããhn e-e

5 comentários:

Marcelo »QeJiNhO disse...

eh, teeeemso!
pior q eu tb n dormi bem essa noite e.e veja se pare de fazer elaçoes interdimensionais que eu nao consigo acompanhar!

postcode: unzygness

CaPeLo disse...

Bem temso '3'~ é por essas e outras que eu vou morar o polo sul, conversando com focas e jogando truco com os canhotos-ursos-polares.


Postcode: mashanag /NOME DE POKEMON MANO :O

Pato disse...

mano eu já tive um sonho mega apocalíptico tbm que tinha muito a ver com calor, mas era mais estranho e curto x_x

postcode:lendembo

Lu disse...

já sonhei que o mundo ia acabar também, inúmeras vezes, te entendo x_x
se eu te disser que fiquei uma semana inteira tendo pesadelo atrás de pesadelo tu acreditaria? e_e
mas relaxa, se pah foi o calor que te fez sonhar isso :s

Fábio disse...

Incrível que num calor de 44ºC tá todo mundo enxarcado de suor se abraçando no chão melado de sorvete.
Retira os caras e tira o sutiã das garotas e vira um filme pornô de quinta categoria