"And now for something completely different..."

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Reflexão Religiosa

Olá meus prezados e estimados leitores que não possuem o bom costume de comentar em meus posts! :D

Num dia desses eu havia chegado cedo demais para a faculdade (como sempre ou chego cedo demais, ou tarde demais; nunca no horário), então havia decidido comer decentemente no shopping ao lado. Quando terminei meu prato ainda estava bem adiantado, então apenas fiquei ali, sentado, refletindo com os meus fones de ouvido...

Subitamente, estava com um humor receptivo, e senti como se um espaço tivesse acabado de se abrir no meu coração, esperando para receber algo ou alguém.

Foi nessa hora que eu pensei: "É isso! Eu quero acreditar em algo! Vou começar a acreditar... Em deus!"

Mas então nessas reflexões comecei a pensar que o deus do cristianismo não é lá alguma coisa legal em se acreditar... Quer dizer, se de acordo com o que eles dizem somos sua imagem e semelhança, então ele deve ser bem entediante.

Então decidi acreditar em algo maneiro!

Pensei em Odin, Zeus, as divindades cardiais japonesas, Dr. Manhattan...

Alguns são bem maneiros até, mas queria algo mais original em que acreditar.

Então decidi criar minha própria religião! Ela se chamaria... Maneirismo!

O Maneirismo iria venerar o deus que deixa as coisas mais maneiras: o Óculos Escuros!

Legal, bacana, naquele momento, eu tinha um deus em que acreditar. Até já tinha o nome da igreja: Templo Sagrado Maneirista do Supremo Óculos Escuros!

Certo, então, agora que eu tinha um deus, eu deveria agradecer pela comida, certo?

"Obrigado Óculos Escuros por mais esta refei- Peraí... Mas fui eu mesmo quem comprei essa refeição, com o dinheiro suado do meu pai! E ela foi feita por empregados querendo ganhar seu próprio dinheiro suado passando o dia em frente a um fogão! Não tem nada de divino nisso! Muito menos de maneiro! Se o mundo fosse maneiro, as pessoas seriam seus próprios chefes, e se houvesse algo de divino, não existiriam pessoas como Justin Bieber! Sem falar QUE DIABOS, óculos escuros são feitos pelos próprios humanos, e o quanto eles te deixam mais maneiro ou não, depende da idéia do design da pessoa que o projetou e dos traços do seu rosto que são determinados por uma combinação inimaginável de genes provenientes de seus progenitores que os trazem desde seus ancestrais!"

Então eu percevi que já estava questionando o próprio deus que eu havia acabado de criar, no qual eu estava decidido a acreditar...

Buets. xP

É, melhor eu continuar sendo ateu mesmo. Ou melhor, agnóstico, porque né. Deve ter algo de maneiro oculto no universo que nunca seríamos capaz de imaginar ou pensar sobre.

À essa altura o horário já tinha passado, então corri para a facul como um bom aluno, um bom menino, gentil, educado, variavelmente pacífico e sem deus ou religião nenhuma no meu coração. :)

Em memória ao Templo Sagrado Maneirista do Supremo Óculos Escuros
(17/10/2011, 18:29 ~ 17/10/2011, 18:33)
A religião com o histórico mais breve já registrado.

4 comentários:

Ariel - de Scribentem disse...

Yo. Mano, pra começar eu sou um cara que baseia suas crenças apenas nas experiencias em que viveu. Então, manolo, o bagulho eh o seguinte: eu tenho um Deus. Nao eh Deus de religiao (sou inteligente demais pra isso) eh uma divindade que eu consigo provar para mim mesmo que existe: algum tipo de energia ou consciência que toma todas as decisões físicas e energeticas do universo. Entao, ao mesmo tempo em que essa divindade está colidindo nossos humildes atomos, ela está colidindo a Via-Láctea com a Galáxia de Andrômeda.
Onde eu baseei minha crença? Eu faço cura energética. Eu uso energia para curar um problema fisico de alguem. Essa energia nao vem de mim. Eu sou um simples canalizador. Essa energia vem de tudo. Vem da Mãe-Terra. Se voce quiser, eu faço uma cura energética em voce. Eu gosto disso. Mas a questao de acreditar ou nao é problema seu. Independente dela, eu vou continuar respeitando voce do mesmo jeito.
Quanto ao cristianismo, vou dizer o que penso: mano, Deus cria uma pessoa, que, por Ele ser oniciente, Deus já sabe se tal pessoa vai pro Céu ou Inferno. Entao nao há sentido em dar vida a essa pessoa e deixar que ela tente ser boa, se Deus ja sabe no que vai dar. Entao, ou Deus é justo e não oniciente, ou Deus é injusto e oniciente. E o pior: eh simplesmente ridiculo o fato de Deus ser filho de um homem e uma mulher (que nao transaram, que eh a coisa mais sagrada de todas) que ele mesmo criou, para salvar a humanidade que Ele mesmo criou dos pecados que Ele mesmo criou, e ser executado pelas pessoas que Ele mesmo criou, para mostrar às pessoas que ele mesmo criou qual é o caminho certo e o errado (que Ele mesmo criou). MANO, QUE PORRA DE DEUS EH ESSA? Por isso que religião é fail. Voce esta melhor sem ela.

Hideo disse...

Bom, eu leio seu blog frequentemente, junto ocm o do Qjo, but, eu realmente não consigo pensar em algo pra comentar, não é que eu não queira...esse foi um comentário.

Hideo disse...

Não comento aqui, porque eu sou o DEUS DO NOVO MUNDO!

Postcode: sacandn, sacanagem?

Bee :3 disse...

Acredite no Deus unicórnio, deixe o arco-íris entras na sua vida.
O Senhor Unicórnio é um deus bom, ele criou os doces, as cores e as coisas fofinhas.
Vote em Unicórnio para Deus! xD~