"And now for something completely different..."

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Moments: Últimos Dias de Aula!

Faz algum tempo que não posto Moments!
Juntou bastante, aqui coloco algumas bobagens que registrei no desenrolar desses últimos dias de aula e outras de tempos atrás que nunca havia postado... As frases ditas por outras pessoas levam o nome de seu respectivo dono no final, o resto são minhas mesmo. Enjoy!

================================

"Professora, se acreditarmos muito, mas muito mesmo, do fuuundo do nosso intestino grosso, os gases da esperança empestiarão a sala da justiça com o cheiro da vitória!" (sobre acreditar em passar de ano sem recuperação)

"Peraí. As duas dão aulas com números, não é? Uma usa camiseta listrada preta e branca e a outra tem uma cauda saindo da calça dela... Elas vieram da mesma zebra!" (sobre professoras de geometria e matemática)

"Não passamos de mero tempero na grande almôndega da vida."

"Partido da Ignorância Dos Ignorantes: P.I.D.I."

"Eu não sou boa em improvisar..."
(elise)

"Eu sou! Pô, minha vida é um improviso! Não estudo, venho pra escola e na hora da prova sempre improviso..." (sobre a frase acima)

"Quando eu era pequeno, não sabia diferenciar 'manteiga' de 'maionese'... Pra mim era tudo algo vindo do leite e que começa com 'ma'. Que nem 'Marcelo'."

"E se cada grão de milho, cada milho de pipoca, for um planeta? Cada um com todo um mundo que a gente não vê dentro dele? E quando a gente faz pipoca, todos eles são destruídos, todos eles explodem? ... E SE O NOSSO MUNDO FOR UM MILHO PRESTES A PIPOCAR NO MICROONDAS DO UNIVERSO???"

"Vamos virar pi~po~caa~! *dança* ~o~"
(elise, sobre a frase acima)

"Estou aliviado. Agora sei por que estamos aqui." (sobre a frase acima)

"Seria legal ter um amigo árvore. Ele sempre te faria sombra na rua... E estaria sempre pronto pra quebrar um galho por você... Mas só se você desse o braço a torcer por ele também."

"Vou fazer curso de fotografia porque quero ser que nem o Homem-Aranha!" (elise sobre o futuro dela)

"Pra isso eu teria que prestar atenção no mundo... E eu faço parte de um mundo à parte." (elise sobre fazer moda)

"Pra resolver essas bases, só na base do baseado." (sobre troca de bases de logaritmos)

"Bruno e Elise! Se eu pegar a nota da prova dele, e dividir pela nota da prova dela, o quociente desta equação é "indeterminado". Sabem em que situação matemática isso acontece??" (professora, sobre o número zero)

"Ah, nem vem com matemática, professora! Sua prova era de química!" (elise, sobre a frase acima)

"Matemática é a maior vadia da escola... Fudeu com todo mundo o ano todo."

"A barba indica amadurecimento, Elise... E você nunca vai ter uma."
(sobre eu ser mais velho)

"Aé? Pois então... Pois então... CHEIRE MINHA BUNDA!"

"Tem cheiro de tomate sexo."
(biancardine, sobre a frase acima)

"*seco, quis dizer." (biancardine, sobre o erro acima)

"E vocês sabem o quê acontece no primeiro ano de faculdade?" (professora)

"SEXO! =D" (responde em voz alta, sobre a frase acima)

"Uma coisa que você não pode contar que tudo que saia dela faça algum sentido lógico, é a minha mente. Eu posso muito bem achar que algo em como um lápis caiu no chão se assemelha a um razante de um pterodáctilo, achar mesmo, mas isso não pode ser aceito como algo que tenha algum fundamento, por exemplo. Assim como esse exemplo também não. Sério, é um caos aqui dentro. Eu penso demais sobre tudo. Não por querer, mas por não conseguir deixar que uma inundação de justificativas me venham a cabeça à partir da menor atitude de alguém, mesmo que de fato eu não me interessa por essa atitude. Eu vejo uma atitude ou reação e minha mente traça varios "por quês" de tal ação ter sido feita desse jeito por tal pessoa em tal momento... Como disse, é um caos aqui dentro. Mas se eu falar demais de mim:
a) Você vai se assustar.
b) Vai esquecer o que disse que iria escrever.
E eu bolaria um C e um D, mas tô com sono."


================================

Espero que tenham gostado, e não tenham tentado entender~ xD
E realmente tô com sono.

♪♫♪♫ Oh Honey Pie, my position is tragic!
Come and show me the magic~! ♪♫♪♫
*sai cantando Honey Pie*

5 comentários:

Contriller disse...

Me daria a permissão de usar a citação da Matemática vadia em situações de meu dia-a-dia, senhor?

Bruno Antonelli disse...

Ora, mas é claro! Sinta-se à vontade, meu caro amigo arábico.

mah206 disse...

A matemática pode ser a vadia. Mas o grande comelão do mundo ainda são os putos que criaram ela. Os caras já MORRERAM e ainda fodem todo mundo.
No que isso se encaixaria?
Necrofilia inversa matemática?
hum....

Marcelo »QeJiNhO disse...

hehe gostei, mas faltou a parte q eu falo 'maionese nao vem do leite' e destruo sua concepção de mundo. -q

Bruno Antonelli disse...

É mesmo.

Mas algumas maioneses possuem leite! ><"

Mas não é o conceito~ ú-u